sábado, 26 de setembro de 2009

Escolha o Seu Tempero (Parte II)



Como eu tinha prometido, aqui está a segunda parte do post sobre temperos. Aí vão!

Ervas (oregano, manjericão, salsa, coentro, tomilho...) - têm propriedades antioxidantes, que combatem o envelhecimento das células e uma série de doenças. Conclusão: Comida do Peter Pan.

Pimenta vermelha - contém capsaicina, que estimula a produção de uma enzima que auxilia a quebra do colesterol em moléculas menores, que se tornam mais fáceis de ser absorvidas. Resultado: o corpo fica a salvo de placas de gordura nas artérias, que são um gatilho para infartos e derrames.

Canela - equilibra os  níveis de insulina no organismo, a encarregada de jogar a glicose dentro das células. O excesso de insulina dá a falsa sensação de que presisamos comer mais. Vantagem: O pecado da gula passa longe.

Gengibre - aumenta a temperatura do corpo e acelera a queima de gorduras. O que não é exclusividade do gengibre, a pimenta e a canela tambem têm esse efeito termogênico. Resultado: abdômen magrinho.

Advertência: Comer bem e certo, pode causar vida saudável e longa! (Só não esqueça que o exagero é ruim em tudo).

Dica
Os temperos conservam sua capacidade de queimar gordura mesmo quando são submetidos ao calor, mas perdem parte de suas propriedades antioxidantes, aquelas que preservam as células. Para garantir o benefício, prefira acrescentá-los aos pratos depois que já estiverem prontos.

(Foto de Herr Stahlhoefer)

2 comentários:

Ana Leticia disse...

Eu sempre fui uma fã de ervas como tempero, depois de ler o post então... falando nisso, fiz um salmão ao molho de mostarda, mel e gengibre que ficou muito bom! Acho que os temperos naturais deixaram tanto de serem usados normalmente, que agora têm o status de exótico!

Pauli disse...

Ana Letícia - Tá ficando chique, hein! Eu quero comer desse peixe.

Related Posts with Thumbnails