segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Comida de Bebê: Primeiras Papinhas


Como disse da última vez, a Alice já começou a comer, a contragosto da mamãe que queria amamentar exclusivamente até os 6 meses. Tudo bem, era o melhor pra ela. Mas, o que come um bebê? No caso da Alice, líquidos são um problema por causa do refluxo, então nada de suquinhos por enquanto. Ela começou com as frutinhas. As mais comuns mesmo: banana (a primeira e ela amou), maçã (recusou no primeiro dia), pera e mamão. Sempre fico confusa com a quantidade certa e a deixo comer o quanto quiser. Dou frutas duas vezes ao dia. Acho que ela é bem comilona, come a metade de um mamão papaya tranquilo, nem eu como.

Depois de duas semanas, a pediatra liberou as papinhas "salgadas" no almoço. Ela sugeriu que incialmente eu não colocasse sal pra que a Alice não estranhasse o sabor, já que os legumes são naturalmente adocicados como as frutas e o leite materno que ela já era acostumada. Deu super certo, ela come super bem. A primeira papinha foi de cenoura, batata e chuchu, basicão mesmo. Cozinhei somente com água e amassei separadamente com o garfo, pra que ela pudesse perceber a diferença de cores, sabor e textura. A partir desta semana vou acrescentar os temperinhos e o caldo de carne (caseiro lógico).

É muito lindo vê-la comendo tão bem, abrindo a boquinha quando vê a colher e reclamando quando a próxima colherada demora um pouco mais. O difícil vai ser evitar as guloseimas, os olhinhos dela chegam a brilhar quando vê a gente comendo sorvete, mas o acúcar vai demorar a entrar no cardápio dela. Ah, a comidinha preferida dela ainda é o leitinho da mamãe!

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Mousse Romeu e Julieta

 
Os últimos dias passaram sem eu nem perceber. Não fiz muitas novidades na cozinha, apenas um bolo que não deu certo, na minha opinião, e foi ficando, ficando... Às vezes eu planejo alguma coisa, mas quem determina o meu tempo é a Alice, né! Por falar nela, ela tá uma fofura. Começou a comer frutinhas e gostou muito. Come que é uma beleza. No começo eu fiquei um pouco triste, pois queria que ela mamasse só em mim até os seis meses (ela faz 5 meses hoje), mas era preciso pois ela tem refluxo e ganhou pouco peso no último mês. Daí a médica falou que era melhor dar frutas a introduzir algum tipo de leite engrossado. Tudo bem então. Agora já estou conformada. Quem gostou mesmo dessa nova dieta foi a própria Alice que se mostrou uma comilona (eu não substituí nenhuma mamada, apenas acrescentei as frutas e ela tem um super apetite). Nessa semana vamos voltar à médica e ver o peso dela. Tomara que tenha melhorado!

Hoje trouxe uma receitinha mega prática e muito gostosa. Dá pra fazer na ceia de natal. Eu fiz na mesma encomenda dos Biscoitos do Coração. Queria algo romântico, então lembrei da deliciosa mistura Romeu e Julieta e criei essa mousse que servi no copinho e fez o maior sucesso. Podem fazer sem erro.



Mousse Romeu e Julieta

Ingredientes
- 1 copo de requeijão cremoso
- 1 lata de leite condensado
- 1 caixinha de creme de leite
- 1/2 envelope de gelatina sem sabor
- 100 g de goiabada

Preparo
Bata no liquidificador o requeijão, o leite condensado, o creme de leite e a gelatina (preparada conforme a embalagem). Quando estiver homogêneo coloque em um recipiente bonito pra servir. Leve à geladeira para firmar. Vai ficar firme, mas cremoso.

Derreta a goiabada com um pouco de água até ficar um pouco mais mole que geléia. Cubra a mousse.

Sirva gelado.

Essa postagem foi interrompida várias vezes pela minha pequerrucha.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Comida do Marido: Batata Recheada



No começo da gravidez eu senti um sono incontrolável (no final também, mas um pouco menos). Tava no fim do curso, fazendo monografia e trabalhando. Não tinha a menor disposição para cozinhar. Também por isso acabei deixando o blog parado. Chegava da aula à noite, com fome e nem sempre tinha algo pronto pra comer. Marido sabendo disso, volta e meia fazia alguma comidinha gostosa pra mim. Numa dessas vezes ele preparou essa linda e deliciosa batata recheada. Mas como pra ficar mais gostosa ela tem que ir pro forno logo antes de servir, ele preparou também um salada de entradinha, pra eu não me contorcer de fome. Gente, pode falar, ficou tudo lindo não ficou?! Já avisando, esse marido maravilhoso eu não vendo nem alugo!



Mas por falar em gravidez, a minha foi super tranquila. Não senti enjôo nenhuma vez. Tinha medo de ter muita dor de cabeça e, ao contrário, parei de ter. Aprendi a comer de 3 em 3 horas e descobri que é melhor do eu imaginava. Até o Zé Luiz entrou nessa e começou a se alimentar melhor, acabou perdendo algumas medidas extras (rsrsrs, pouquinho, porque ele já é magro né). Não deixei de comer nada, até porque eu já comia direitinho antes. O difícil tá sendo manter isso agora que a Alice já nasceu, mas eu vou consegui. Logo que der vou postar algumas fotinhas dessa fase maravilhosa aqui.

Agora vá correndo fazer essa batata com a carne que sobrou do almoço mesmo, de preferência com ou para aquela pessoa que você ama. Papai, mamãe ou irmãos tão valendo também. Beijos e boa noite!


Batata Recheada

Ingredientes
- batatas grandes cozidas (não deixe ficar mole).
- o que tiver na geladeira: carne, frango, vegetais, queijo, etc (o Zé Luiz desfiou a carne que sobrou do almoço e refogou com tomate e ervas, usou também queijo fresco).

Preparo
Corte, no sentido longitudinal, a parte superior da batata, um pouco acima da metade. Retire parte da polpa, deixando cerca de 1cm de borda. Coloque o recheio, salpique queijo e leve ao forno pré-aquecido para gratinar.

Príncipe, você é o meu chef preferido!
Related Posts with Thumbnails